Posts tagged Vídeo Participativo

Produções do Curso de Vídeo


Por Carlos Rodrigues

Durante quatro meses o curso de vídeo estevemos trabalhado com as ferramentas livre de cultura digital, como em cada modulo do curso tivemos momentos da história cada comunicação como tudo aconteceu para que hoje podermos ter uma mídia em massa agora na era digital, e que seja cada dia mais acessível para as pessoas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tivemos também o modulo de roteiro onde cada aluno pode saber fazer um roteiro como suas próprias palavras, e colocando em estrutura de roteiro e no final deste modulo gerou um roteiro para que apartir daí tivemos duas produções, que estão em nosso canal no youtube. Trabalhamos com planos cinematográficos Câmera e Fotografia, para podermos ir a campo e capturar as imagens que logo após essa captura fizemos a edição no Editor de Vídeo Cinelerra em Software Livre e como também a finalização das produções.

Cada aluno no termino do curso que tiveram poderão está fazendo suas produções coletiva ou individual em ferramentas Livres como essa duas produções a seguir.

Anúncios

Leave a comment »

Sucesso nas inscrições dos cursos digitais da 11ª temporada da CBS


Por Rayane Amorim

Olá gente, no dia 14 de fevereiro foram realizadas na Casa Brasil de Santarém as inscrições para os cursos digitais da 11ª temporada, nem mesmo com a forte chuva a comunidade em geral não deixou de comparecer, foram em torno de 300 alunos matriculados que pleitearam as vagas nos devidos cursos: Informática Básica, Informática Avançado, Multimídia, Vídeo e Metareciclagem.

Alunos matriculados, fiquem ligados que as aulas inaugurais irão ocorrer nos dias 22 e 23 de fevereiro nos seguintes dias e horários:

Quarta-feira – 22/02/2012

Manhã: 09 h

Tarde: 15h

Noite: 19h

Quinta-feira – 23/02/2012

Manhã: 09 h

Tarde: 15h

Noite: 19h

Compareçam nas aulas inaugurais que estaremos divulgando algumas novidades!

Leave a comment »

III Perfil Digital da 10ª temporada C.B.S


Por: Bruna Tayná

Nos dias 26 e 27 de outubro aconteceu pela 3ª a escolha dos perfil digitais da 10ª temporada dos cursos da Casa Brasil de Santarém, que vem a cada mês demostrando que o reconhecimento local pelos alunos é um método de grande incentivo para despertar o interesse não só pelo seu módulo estudado como também pela colaboração e intelectualidade dentro do espaço social.

A informação hoje é o principal recurso a ser procurado por todos no espaço, por contar com a estrutura de acessibilidade ao mundo virtual tecnológico a favor de uma economia sustentável para sociedade. Como vem ao caso, alunos de Metareciclagem, Vídeo Participativo, Informática básica e avançada que se esforçam, aprendem e compartilham seus conhecimento, assim fortalecendo cada vez mais não só o mesmo como outros colegas de classe.

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.”




Comments (8) »

Atividade Colaborativa do Vídeo Participativo


Por Claudine Santos – Colaboradora Intelectual da CBS

No curso de vídeo participativo está sendo elaborado uma atividade de Stop Motion, que são vídeos com montagem de fotografias e personagens que adquirem movimentos.

Primeiro deu-se inicio com a pintura dos cenários, após foram desenhados os bonequinhos de papel que são os personagens do vídeo, as fotografias foram tiradas pelos próprios alunos, todos participaram inclusive o nosso orientador, as etapas serão concluídas ao decorrer das próximas aulas.

Estamos ansiosos pela conclusão e divulgação do vídeo, que vai superar as nossas expectativas, afinal de contas, um trabalho feito em equipe com certeza o resultado será o sucesso.

A importância do trabalho colaborativo é que a união, a troca de ideias e conhecimentos contribuem para enriquecer o conteúdo de qualquer atividade.

Leave a comment »

Se apropiando das Ferramentas Multimidiáticas!


Por Bruna Tayná

Quarta-feira dia 20 de julho de 2011, deu-se início a série de entrevistas realizadas com os futuros colaboradores intelectuais da X Temporada de cursos da Casa Brasil de Santarém.

Os temas abordados por eles foram os mais singelos porém de uma complexidade ímpar. Cada um falou de sua forma, como veem a Casa Brasil e o que ela transformou em sua vida. Contaram sobre a sua história percorrida junto à unidade e de como suas perspectivas de mundo mudaram depois de sua passagem pela unidade.

O produto adquirido dessas filmagens se transformaram em um documentário em homenagem a Casa Brasil de Santarém, para que dessa forma a história possa ser eternizada. Para conhecê-lo basta acompanhar no Canal do Youtube: http://www.youtube.com/user/casabrasilstm esse magnífico trabalho feito de forma colaborativa pela CBS.

Esperamos que você também venha em busca desta oportunidade de obter mais conhecimentos, aprender e compartilhar com temas geradores de cultura digital, como todos que já passaram por aqui e puderam ter sua própria experiência que é de suma importância para sua qualificação e convívio social.

Leave a comment »

Projeto Curta em Circuita em Ação


Por Josiany Amorim

Foi realizado no auditório da Casa Brasil a II Etapa da Formação do Projeto Curta em Circuito, que teve como Facilitador Paulo Fehlauer, que contou com a participação do Coletivo Puraqué, Colaboradores 2011 e Equipe da Casa Brasil. Devido as experiências, Paulo Fehlauer mostrou vários documentários que foram feitos nas cidades na qual o projeto percorreu e deu várias dicas de filmagens. Com o intuito de criar um documentário na oficina de multimídia realizada aqui em Santarém, foram formadas duas equipes, que saíram em busca de pessoas da cidade para assim fazerem as filmagens, equipes colocaram a mão na massa, ou melhor, a mão nas câmeras e assim partiram em ação.

Com personalidade e história diferentes, foram entrevistados duas grandes pessoas na qual mostraram seus trabalhos e suas experiências de vida; Antônio Camargo e Francisco Fernandes. Seu Camargo, contou sua história em relação ao amor que tem a pintura, e com toda felicidade mostrou seu lindo trabalho. Já seu Francisco Fernandes diversificou sua entrevista, pois contou um pouco de sua história de vida, falou sobre sua família e o grande amor que tem pelos animais e a preservação ao meu ambiente.

Equipes com filmagens prontas partiram em ação para a segunda parte do trabalho; a edição dos vídeos, tendo como desafio principal fazer a edição e transformar filmagens de 20 minutos em curtas com apenas 3 minutos, desafio no qual foi concluído. A II etapa da Oficina de Multimídia do Projeto Curta em Circuita foi bem proveitoso, pois os participantes juntamente com o facilitador obtiveram ótimos resultados.

Comments (5) »

Luz, Câmera, Ação com Fernando Segtowick


Por Eliane Canté

Nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro, aconteceu no auditório da Casa Brasil de Santarém, a 4ª e última t emporada do Curto em Circuito, com a oficina de direção, onde tivemos a honra de ter como facilitador o diretor Fernando Segtowick, diretor do curta Paraense Matinta, premiado no edital de curta-metragem do Ministério da Cultura no ano de 2009. Seu trabalho já foi exibido em vários estados brasileiros e também no exterior.

Agora vamos conhecer um pouco mais sobre Fernando Segtowick.

CBS– Quem é Fernando?

Fernando– Sou Paraense, amo a minha terra, sou um cara apaixonado por cinema, onde através dessa ferramenta procuro mostrar as riquezas do meu estado, os pontos positivos e negativos da minha região e os filmes sobre Belém. Sou formado em jornalismo pela Universidade Federal do Pará, estudei na New York Film Academy nos Estados Unidos em curso específico de cinema. Desde de criança gosto de cinema e participei de vários cineclubismo. Iniciei o meu trabalho hà 10 anos atrás, o meu primeiro curta foi “Dias” produzido no ano de 2000.

CBS– Como é ser um Cineasta Paraense?

Fernando– Ser cineasta não é uma tarefa muito fácil, como em outros trabalhos, sempre temos que está nos atualizando e se especializando. As vezes eu acho que sou doido, pois é uma profissão muito difícil e custa muito caro, tem que haver muita força de vontade. Quando pessoas dizem pra mim que é impossível, que não vai dá certo, é aí que eu tenho mais ousadia, coragem e força pra continuar o meu trabalho…

CBS- Quantas produções você já fez?

Fernando– Já dirigi vários comerciais, vídeos institucionais e documentários, já produzi cinco curtas, no qual o meu primeiro foi “Dias”, e o mais recente “Matinta”. Gosto de todos os meus trabalhos e cada um tem um significado na minha vida, mas com certeza Matinta foi até agora o meu melhor filme, as vezes me pergunto se o próximo filme que eu produzir será melhor que o atual, mas sei que cada trabalho é melhor que o outro, pois as experiências que você tem em cada um deles aumenta.

CBS- Fale um pouco sobre a essência do filme Matinta.

Fernando– Matinta é um filme onde retrata a versão da lenda amazônica, um filme de suspense com uma pitada de romance.

CBS- O que você achou da oficina na Casa Brasil?

Fernando- Eu gostei muito da oficina, a articulação e a relação com a mídia digital e as pessoas, que fizeram parte da oficina foi muito boa, o primeiro dia pra mim foi maravilhoso, pois fizemos uma atividade que foi muito legal, todos participaram houve um bom entrosamento da turma, e eu tenho certeza que eles gostaram.

CBS– Na sua opinião você acha que temos condição de produzir um filme?

Fernando– Sim, produzir um filme é muito mais que equipamentos, é preparação, produção e muito empenho, cada dia vivendo em um processo de melhorias, e se aperfeiçoando no que faz.

CBS- Sobre o Curta em Circuito em Santarém?

Fernando- É o fechamento de um ciclo, quero vim mais vezes em Santarém e poder ministrar essas e outras oficinas para várias pessoas de lugares diferentes, com a possibilidade de repassar todo o meu conhecimento sobre a direção de roteiro e cinema paraense e de outros lugares.

CBS- Importância do cineclubismo num espaço como a Casa Brasil?

Fernando– Assistir um bom filme e poder debatê-lo, é uma iniciativa muito boa, pois mostra a realidade de um povo, levando sua cultura e história para o mundo todo.

CBS– Quais serão as suas próximas atividades cinematográfica?

Fernando– Estou finalizando um filme de manejo florestal, vou está divulgando o filme Matinta em outros lugares, e em breve estarei na direção uma longa.

CBS- Quando será sua volta?

Fernando– Quando me chamarem de novo eu volto, fico a espera de um convite. Agora quero vim pra Santarém, pra passear na linda praia de Alter do chão com a minha família, no momento tenho vindo mais pelo trabalho, e não temos tanto tempo para visitarmos lugares como Alter, que na minha opinião é a praia mais linda do mundo.

CBS- Sua palavra de incentivo.

Fernando- Sempre falo que ninguém começa fazendo um filme grande, eu fiz várias oficinas me especializei de várias maneiras, sempre começamos do pouco, o incentivo é “Ter força de vontade e fazer”.

Leave a comment »

%d blogueiros gostam disto: