I Encontro Griô de Mestres e Mestras Sul de Roraima


Encontro de Mestres e mestras da tradição oral

…Rodou, trocou mão pilão café

quero me casá, mas o papai não qué…

Dona Bié – Mestra Griô da Tradição Oral

Neste final de semana, nos dias 13 a 15 de novembro, A Vila Nova Colina no assentamento Agrário Anauá em Roraima, é o centro da grande festa da Tradição Oral da Amazônia. Nesta Vila, os cinco projetos da Ação Griô RR/AM estarão representados, neste momento mestres de Gambá José Carlos e José Cardoso, do povo maués do Rio Amazonas, juntando-se a Dona Ana e Rai -Griô aprendiz do Pé na Taba de Manaus. Esta é uma realização articulada dos Pontos de Cultura: A Bruxa Tá Solta – Rorainópolis e Usina Cultura – Boa Vista.

O Pontão de Cultura do Tapajós (Santarém- PA), representados pela equipe: Tarcísio Ferreira e Dennie Fabrizzio, da Casa Puraqué, Adriane Gama (Casa Puraqué e Casa Brasil) e Felipph Calado (Projeto Saúde e Alegria) estão contribuindo na documentação do evento e nas oficinas digitais de Metareciclagem e Blog. Neste encontro, também está presente o Coordenador Regional de Cultura Digital, Jader Gama, que veio com o objetivo de articular e mobilizar os pontos de cultura da região.

O Cortejo já começou: de avião, barco, ônibus ou carona, não importa o meio, todos já estão no município de Rorainópolis. Direto da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, a mestra Laudisa, xama macuxi tá descendo a Serra para encontrar com Queles-aprendiz macuxi e Rosilda educadora. Boa Vista também recebe mestre Sabá carimbó São Benedito Santarém Novo-PA, e de São Paulo, o representante da Ação Griô Nacional na Comissão Nacional dos Pontos de Cultura, o Mestre Alcides. Os cinco Mestres do Ponto de Cultura A Bruxa tá Solta, anfitriões, recebem todos para esse grande encontro. Agradecimentos a receptividade da equipe da coordenação, em nome de Catarina Ribeiro, Raimundo Chacon, Pablo Boeri e Luzia Ribeiro. Pedimos a benção, salve Griôs, mestres e mestras da Amazônia. A cultura permanece.


Mais informações:

Projeto BR 174 – Via de mão dupla

Prêmio – Areté Cultura Viva – Eventos em Redes – da Secretaria de Cidadania Cultura/MinC.

* Areté vem do grego e significa: bondade, excelência, virtude, o que há de melhor em cada um. Em Tupi significa dia comemorativo e festivo.

O Pontão de Cultura do Tapajós (Santarém- PA), representados pela equipe: Tarcísio Ferreira e Dennie Fabrizzio, da Casa Puraqué, Adriane Gama (Casa Puraqué e Casa Brasil) e Felipph Calado (Projeto Saúde e Alegria) estão contribuindo na documentação do evento e nas oficinas digitais de Metareciclagem e Blog. Neste encontro, também está presente o Coordenador Regional de Cultura Digital, Jader Gama, que veio com o objetivo de articular e mobilizar os pontos de cultura da região.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: